Veja as principais pesquisas do Google e tendências de palavras-chave em 2020

[nextpage]

Veja as principais pesquisas do Google e tendências de palavras-chave em 2020
Fonte: reprodução/internet

Trend é uma palavra em inglês e traduzida para o português significa “tendências”. Nesse sentido, pode-se chamar de Trend as principais pesquisas e tendências de palavras-chave e perguntas que são feitas no Google. Antes, essa expressão basicamente representavam as hashtags mais tuitadas no Twitter, mas o termo se propagou para qualquer uso, em qualquer contexto, fora das redes sociais, para mostrar os “assuntos do momento”, também chamado de Trending Topic.

Vale destacar, que 2020 foi um ano atípico e, com diversos movimentos mundiais e particularidades do governo brasileiro, as buscas no Google também se voltaram diferentes do que vinha aparecendo nos anos anteriores. Para conhecer quais são as principais pesquisas do Google e tendências de palavras chaves de 2020, clique em próximo.

[/nextpage][nextpage]

O Brasil nunca buscou tanto por racismo quanto este ano

Veja as principais pesquisas do Google e tendências de palavras-chave em 2020
Fonte: (reprodução/internet)

Com o ápice do movimento “black lives matter”, as pesquisas no Google a respeito das questões raciais se tornaram bem mais presente em relação a 2019.  Em primeiro lugar, dentre as perguntas mais buscadas, está “O que é racismo estrutural?”. Logo em seguida, os principais questionamentos à respeito do racismo no Google foram: “O que é preconceito?”, “O que significa racismo?”, “Como combater o racismo?” e “O que é racismo institucional?”.

Outras questões que geraram muitos cliques foram “privilégio” e “privilégio branco”, batendo recorde de busca. Aparentemente, o estopim de pesquisas sobre igualdade racial foi a morte de George Floyd (homem negro estrangulado por um policial branco). Além disso, consultas sobre formas de lutar contra o racismo deram um salto e esse ano o Brasil foi um dos países que mais buscou por antirracismo em todo o mundo, perdendo apenas para Santa Helena, Estados Unidos e Canadá.

[/nextpage][nextpage]

A pandemia afetou as buscas relacionadas à economia

Veja as principais pesquisas do Google e tendências de palavras-chave em 2020
Fonte: (reprodução/internet)

A pandemia do coronavírus afetou o mundo inteiro. Alguns países foram mais atingidos, outros menos, mas no geral todos os países foram afetados positiva e negativamente. Por conseguinte, os reflexos desse surto também afetaram as buscas dos brasileiros no Google, que passaram a constar com muito mais perguntas a respeito de empregos e auxílios.

Por exemplo, no Brasil inteiro houve pesquisas do tipo “vagas”, “vagas de emprego”. Nem os sites de classificados ficaram de fora dessa, pois pesquisas como “OLX Emprego” também foram muito frequentes. Os estados que mais buscaram por vagas de emprego foram Rio de Janeiro, São Paulo e Distrito Federal. Aparentemente muitas pessoas conseguiram passar nos processos seletivos, já que uma das palavras-chave mais buscadas também foi “entrevista de emprego”.

[/nextpage][nextpage]

Benefícios e programas do governo também têm sido buscados

Veja as principais pesquisas do Google e tendências de palavras-chave em 2020
Fonte: (reprodução/internet)

O governo brasileiro dispõe de diversos programas e benefícios, cada um com seu objetivo bem estabelecido. No ano de 2020, em especial, a taxa de desemprego aumentou bastante e, simultaneamente, aumentaram as consultas a respeito desses benefícios. Pesquisado por pessoas de todos os estados brasileiros, a palavra-chave “Auxílio emergencial 6 parcela” apenas no mês de outubro acumulou mais de 10 mil de buscas no Google.

As perguntas mais frequentes foram “como saber se irei receber a 6 parcela do auxílio emergencial?”, “auxílio emergencial 7 parcela do calendário” e “calendário da 5 parcela do auxílio emergencial”. Em resumo, pesquisas a respeito do auxílio emergencial (benefício do governo mais buscado no momento) está mais voltado para a questão do pagamento de parcelas e seus respectivos calendários.

[/nextpage][nextpage]

Como o futebol tem aparecido nas buscas do Google

Veja as principais pesquisas do Google e tendências de palavras-chave em 2020
Fonte: (reprodução/internet)

O futebol sempre foi uma paixão, e os gringos reconhecem o dom que o brasileiro tem no pé, seja para o samba, seja para o futebol. Em 2020, estava planejado para começar em janeiro a copa Libertadores, mas devido a pandemia essa e diversas outras atividades foram suspensas.

Entretanto, a copa foi retomada em setembro, e como quase todo dia tem jogo, sempre aparecem bastantes buscas no Google por “Atlético mineiro”, “Fortaleza x Palmeiras”, “Internacional X Vasco da Gama”, dentre diversos outros jogos. Vale dizer, que a previsão é que a copa termine em 2021, seguindo o calendário conforme as recomendações da Organização Mundial da Saúde (OMS).

[/nextpage][nextpage]

O que as pessoas andam tentando aprender a fazer no Google

Veja as principais pesquisas do Google e tendências de palavras-chave em 2020
Fonte: (reprodução/internet)

O Google às vezes também pode ser um ótimo professor, o que leva muitas pessoas a recorrerem a seus ensinamentos. Com uma infinidade de conteúdos onde todo mundo pode publicar qualquer coisa, muitas pessoas aproveitam para aprender diversas coisas novas, como a tocar instrumentos, cozinhar, costurar, etc. Geralmente para aprender a fazer algo as pessoas começam sua pergunta por “como…?”. Dentre essas perguntas, as mais pesquisadas em 2020 foram “Como fazer slime?”, ”Como fazer figurinhas no WhatsApp?”, “Como fazer gasolina?”.

Sim, as pessoas pesquisam sobre como fazer gasolina e existem muitos conteúdos disponíveis para isso. Outras pesquisas também bastante buscadas foram as de receitas de crepioca, bacalhau, guacamole, pipoca doce e kefir. Ainda foram recorrentes pesquisas do tipo “como fazer perguntas no Instagram” e “como fazer declaração de imposto de renda”.

[/nextpage][nextpage]

Os bancos mais pesquisados no momento

Veja as principais pesquisas do Google e tendências de palavras-chave em 2020
Fonte: (reprodução/internet)
Apesar do advento de vários bancos digitais como o Nubank e o Inter, que oferecem serviços gratuitos, como a anuidade, os mais pesquisados no Google ainda são os bancos tradicionais. Dentre estes, os mais buscados são a Caixa Econômica Federal, o Banco do Brasil e o Banco Itaú.

No geral, os assuntos mais buscados em relação a esses bancos são a respeito do PIX, consignados, PIS/PASEP, seus telefones e horários de funcionamento. Provavelmente essa consulta ampla a respeito desses bancos tem se dado por motivos de saques de benefícios, bem como a tentativa de comunicação remota, já que filas de banco podem ser um risco grande de contágio.

[/nextpage][nextpage]

Será que esse ano terá horário de verão ou não

Veja as principais pesquisas do Google e tendências de palavras-chave em 2020
Fonte: (reprodução/internet)

O horário de verão surgiu com a ideia de minimizar a sobrecarga de consumo durante alguns picos diários, como o horário que as pessoas teoricamente chegariam em casa e acenderiam as luzes, ligariam os chuveiros elétricos ou os ar condicionados.

Entretanto, em 2020 houve muita repercussão sobre o horário de verão, que infelizmente para alguns, e felizmente para outros, não existe mais. A relação do brasileiro com esse horário só podia ser duas: de amor ou de ódio, meio termo nunca existiu. Com toda essa repercussão, os Trends do Google certamente foram afetados, que colocou a pesquisa “Horário de verão 2020” entre as 20 palavras chaves mais pesquisadas do ano.

[/nextpage][nextpage]

Os artistas mais buscados no mês de outubro

Veja as principais pesquisas do Google e tendências de palavras-chave em 2020 Fonte: (reprodução/internet)

Artistas sempre aparecem e somem das buscas do Google. Já no mês de outubro de 2020, os que mais apareceram nos índices foram Tom Felton, Bruno Mars e Neguinho da Beija-Flor. Tom Felton, ator que interpretou Draco Malfoy na saga Harry Potter, foi muito buscado em especial por ter sido alvo de uma Fake News, aparentemente o ator foi acusado falsamente de aliciar menores.

O nome de Bruno Mars, por sua vez, tem sido muito consultado por conta de uma música que ele planeja lançar, entretanto, uma fonte disse que ele teria adiado seu lançamento por causa da cantora Adele. Já Neguinho da Beija-Flor está em alta nas buscas devido a seu neto, que morreu baleado durante baile funk.

[/nextpage][nextpage]

A pandemia afetou os estudos

Veja as principais pesquisas do Google e tendências de palavras-chave em 2020
Fonte: (reprodução/internet)

A tão odiada sala de aula agora anda gerando muitas saudades nos estudantes. Entretanto, para não deixar de estudar completamente durante praticamente 1 ano, as escolas optaram pelo ensino remoto. De imprevisto e sem planejamento para arcar com gastos na compra de sites, além de montá-los e organizá-los, as escolas optaram pelo Google Meet.

Neste sentido, todos os dias, milhares de estudantes acessam a plataforma todos os dias, muitas vezes mais de uma vez. Essa procura crescente levou a palavra chave “Google Meet” a estar entre as 10 mais pesquisadas ao longo de todos os meses da pandemia. Além do Google Meet, há também o Google Classroom que também é acessado todos os dias por esses estudantes, fazendo com que a palavra-chave “Sala de aula” esteja entre as 10 mais pesquisadas no ano de 2020.

[/nextpage][nextpage]

A crise está afetando os investimentos

Veja as principais pesquisas do Google e tendências de palavras-chave em 2020
Fonte: (reprodução/internet)

Devido à crise que se instaurou no mundo inteiro, a bolsa de valores foi muito afetada e poucos investidores sabem o que pode acontecer a cada dia que passa. Nesse sentido, pesquisas relacionadas a investimentos cresceram exorbitantemente e palavras-chave como “InfoMoney”, “IBOVESPA” e “Fundos Imobiliários” entraram para o ranking das mais pesquisadas, não só no Brasil, mas em diversos países.

Simultaneamente, pesquisas relacionadas às finanças, no geral, bateram recordes no ano de 2020. Pesquisadores, investidores e economistas estão todos unidos em uma luta diária tentando resolver essa crise. Além disso, a crise também afetou os trabalhadores comuns, o que incentivou muitos deles a optarem pelos investimentos ao invés de buscar por outros empregos.

[/nextpage]