Dica de Sexta: Como Diferenciar Tecidos? (Importados, Nacionais e Digitais)

0
420

Olá meus amigos, minhas amigas, bem-vindos a mais uma dica de sexta.

Essa semana como é uma dica, várias pessoas também me perguntam como sabe que o tecido é nacional, se o tecido é importado e se o tecido é digital, são 3 categórias que usamos no patchwork, todos são algodão, mas eles tem diferenças… principalmente nos preços.

Então temos o importado que é um tecido mais caro, o digital, que já está quase ao preço do importado e o Nacional que chamamos, que muitas vezes é feito fora do Brasil, mas a gente chama ele de Nacional e é um tecido bem mais acessível, tem algumas diferenças.

Temos aqui um tecido digital, 1 nacional e 1 importado… a primeira diferença que temos é no tamanho, a largura do tecido importado sempre é 1 metro e 10, sempre!

O tecido digital é 1 metro e 50, e o tecido Nacional varia entre 1 metro e 40 e 1 metro e 50, então essa é a grande diferença.

Com relação as estampas, o tecido digital parece uma fotografia, ele é digitalizado, então é feito uma imagem, essa imagem é aplicada como impressão de foto no tecido.

Os produtos que se usam para fazer esse trabalho, esse tipo de impressão, são produtos importados, por isso justifica o valor dele ser mais caro, mas ele tem essa precisão de uma fotografia, então ele tem detalhes bem finos de uma fotografia.

Coisa que no nacional não se consegue fazer, o nacional ele funciona… o tecido vai passando por um cilindro, uma cor, depois passa por outro cilindro que joga outra cor, e assim vai formando o desenho… então vai jogando tintas, sobrepondo as tintas, cada cor é um cilindro diferente… então ela não tem essa nitidez de uma estampa de fotografia.

Por isso muitas vezes vemos que o tecido está desfocado, a estampa também, pode acontecer, pode sair do lugar.

O tecido importado já tem uma textura diferente, ele é mais mole, mais macio, ele desfia mais fácil também, tem que ter um pouco mais de cuidado nas tonalidades, principalmente nas mudanças de tonalidade que o nacional não consegue fazer.

Então ele não é uma fotografia como digital, mas ele tem muita precisão e muito detalhamento nas cores, diferente de um nacional que é cilíndrico, então o importado é uma pintura, ele tem essas sombras que o nacional não consegue ter.

O nacional não desmerecendo, tem sido maravilhoso, a gente usa muito tecido nacional em função até mesmo do custo, tem muitas estampas, tem muitas empresas muito boas, que tem muita qualidade fazendo os tecidos também.

Porém, em função da forma de fazer ele não consegue chegar na nitidez e no detalhamento dos outros tecidos, o tecido digital também tem uma textura mais fina, a gente diz que ele é mais frio, uma texturinha um pouco mais fina… às vezes está escrito na aureola, tecido digital, muitas vezes… o fabricante também geralmente é inglês.

O digital sempre é branco do outro lado, várias coisas que conseguimos distinguir um tecido do outro, então digital 1 metro e 50, estampa de fotografia, textura mais fria e atrás é branco em função de ser uma fotografia.

O tecido nacional 1 metro e 40 a 1 metro e 50, a textura dele é mais normal… outra coisa que a gente tem que cuidar no nacional é as tramas, quanto mais trama fechada melhor a qualidade, algumas vezes ele é mais durinho, outras vezes ele é mais macio, dependendo da quantidade de tinta que vai.

E a forma de colocá-la, mas ele tem a estampa, a gente percebe… as tintas, e ele tem um valor bem mais acessível, e o tecido importado tem 1 metro e 10, um tecido macio, mais maleável, e a estampa dele é uma pintura com lances e detalhes mais finos do que o tecido nacional.

Então são essas as diferenças dos tecidos nacional e digital importado, espero que vocês tenham gostado… curtam as nossas redes sociais, inscrevam-se no nosso canal do Youtube, conheçam o encontro patch com Patrícia Muller, o nosso curso online, 2 vezes por mês, ao vivo, e uma sala com muitas aulas para acesso a hora que quiser.

Se tiver mais dúvidas, venha para o meu curso mensal online Encontro Patch Com Patricia Muller“, onde todo mês temos duas aulas ao vivo e você pode tirar todas suas dúvidas.

Beijos,

Patrícia Müller

Artigo extraído do vídeo a seguir: