Dica de Sexta: Coração (Técnica paper ou Foundation)

0
79

Olá meus amigos, minhas amigas, bem-vindos a mais uma dica de sexta.

A dica de sexta de hoje eu vou fazer uma continuidade da dica de sexta da semana passada, porque fizemos uma africana em foundation, mas bastante gente teve dificuldade, pois não é uma técnica tão simples de compreender.

Mas a partir do momento que a gente consegue entender o raciocínio dela fica bem fácil, então eu resolvi fazer mais uma técnica de foundation com um desenho bem mais simples para que a gente consiga passar essa técnica bem direitinho.

E também como na semana passada a gente não colocou o molde, o esquema da Africana, então vai ser posto agora, vai estar aqui tanto da Africana quanto da pecinha que vamos fazer hoje.

Temos aqui um coração, eu vou fazer no papel e não na entretela, aqui também pode ser feito normalmente, então aqui é mais uma opção de fazer esse trabalho de paper no papel, a diferença é que a entretela não precisa tirar, e o papal tira quando o trabalho estiver pronto.

Então eu tenho aqui o coração e já tenho a numeração, eu defino a numeração quando eu quiser desenhar os meus projetos, porque tem muito na internet hoje em dia, tem muito esquema na internet numeradinho, muito fácil para fazer.

Mas começamos de uma parte, principalmente de uma parte que pode ser colocada depois, por exemplo, se eu colocar o número 2 e o número 4, o 2 não vai conseguir entrar porque ele está no Y, então eu coloco primeiro o E.

Então comecei com 1, do lado dele coloquei 2, porque o 4 que virá depois vai pegar o 1 e o 2, então tenho que colocar o 2 primeiros, o 3 para finalizar esse canto, depois o 4 que vai pegar o 1 e o 2, o 5 que vai sinalizar, o 6 e o 7 para finalizar.

A borda e as pontas são as mais simples porque são as últimas, então vou começar com a número 1, é a mesma coisa da entretela, vou costurar e vou botar o papel por trás.

Tenho aqui um tecido de fundo, vou colocar no número 1, ele é bem maior, para que tenha sobras, alinho para que ele cubra todo o desenho, está aqui o pano, está passando as costuras, vou alfinetar esse aqui.

Posso limpar a margem do primeiro, então vou dobrar a linha que será a próxima a ser costurada, para fazer a limpeza do pé de máquina e ¼ de polegada, de acordo com que estiver usando a máquina.

Está com a margem certa, onde eu posso encaixar o número, ele é o vermelho, vou colocar uma costura e vou passar em cima do número 2, e depois que costurar vou tombar para o número 2.

Costurei nessa linha, tombei pra cima, agora vou fazer o número 3, então dobro a próxima costura, 2 para 3, dobro para fazer toda essa limpeza, então agora vou colocar o número 3 aqui onde limpei, ele está direito com direito.

Eu conferi a sombra do risco desse lado, que a partir do momento que eu costurar vai tombar em cima e vai cobrir todo aquele desenho.

Já coloquei o número 3, agora vou colocar o número 4, então a próxima costura eu vou colocar o 4 costurado no 1 e no 2.

O maior costura no menor, sempre assim, vai seguindo a sequência, claro que agora vou colocar o 4 no número 3, o 3 está do outro lado, não tem importância, vou colocar ele no menor que tiver.

Agora eu vou colocar o número 4 que vai cobrir esse desenho, colocarei ele aqui onde eu já limpei, com a margem e costuro o número 4.

Agora deito para cá, em cima do 4 e formará nosso coração, agora depois do número 4 eu vou colocar o número 5, e para isso eu vou dobrar o número 5, fazer a limpeza e ter direcionamento.

Já fiz no número 5 e vou colocar alinhando, então é sempre bom a gente cortar o tecido com bastante sobra, cortando com bastante sobra a gente não se engana nos ângulos, agora eu vou costurar o número 5.

Só faltam o 6 e o 7, vou colocar o 6 primeiro, fazemos novamente a limpeza, ela é a principal forma de direcionarmos o próximo tecido, colocar o próximo, conferir que está cobrindo, agora vou colocar o último, número 7, dobra, limpa… todo processo é o mesmo.

No número 7 confere onde está o desenho, a vantagem da entretela é que ela fica mais transparente para enxergarmos melhor o presente, no papel temos que senha mais forte, com um lápis mais escuro.

Costurado, coloca para lá, e agora é só limar todo ao redor, aqui tem um detalhe que quando fazemos a costura na borda e vai botar a última peça, a gente ultrapassa essa costura, para quando deixar a margem de costura ela também esteja consturada.

Então sempre passando a última costura, faço a limpeza e desenho a margem, e está pronto o coração africana da dica de sexta da semana passada.

Se tiver mais dúvidas, venha para o meu curso mensal online Encontro Patch Com Patricia Muller“, onde todo mês temos duas aulas ao vivo e você pode tirar todas suas dúvidas.

Beijos,

Patrícia Müller

Artigo extraído do vídeo a seguir:

DEIXAR RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here