Dica de Sexta: Barra Fácil de Fazer

0
106

Olá meus amigos, minhas amigas, bem-vindos a mais uma dica de sexta.

Essa semana é técnica, então vamos fazer um barrado, poderíamos construir com um seminole, mas nessa vamos construir com quadrados, triângulos… e sempre enriquecermos o trabalho quando colocamos algo a mais, uma colcha, toalha, almofada… sempre fica com um patchwork mais elaborado.

Vamos usar quadrados de 10cm que são o centro, quadrados coloridos, 10cm… e os quadrados de 13 centímetros que são as laterais ou o fundo desse barraco, vamos construir conforme o tamanho do barrado que quiser.

Farei com 2 partes, todos os quadrados de 13cm cortarei na diagonal, exatamente na diagonal, precisamos de 13cm… porque sempre que trabalhamos o corte na diagonal a imagem é necessária que seja maior.

Então na diagonal, e assim quantos forem feitos para construir a barra, e a gente eepga o quadrado do centro, encaixa 1 triângulo alinhado em cima, e outro triângulo alinhado em baixo, um lado em cima, de outro lado em baixo… e assim vamos costurar esses triângulos nesses centro-quadrados.

Farei do mesmo jeito dos 2 lados, alinhado em cima e em baixo, e vou passar utilizando a regrinha de tombar para o lado mais escuro, então aqui vou tombar e passar todas as costuras para o centro, com o quadrado colorido.

É importante que tenhamos essa pequena diferença para que possamos costurar e o quadrado vir do centro, continuar com todas as pontas, para evitar que costuremos a ponta desses quadrados, é importante ter essa diferença.

Podemos fazer maior mais larga, com um fundo maior… para deixar os quadradinhos mais soltos pelo trabalho, pode fazer… não tem uma regra que tenha que ser 10 e 20 centímetros, pode ser do tamanho que for.

Agora temos 2 partes, vou correr para 1 lado, onde eu encaixo 2 pontas, 1 ponta do lado esquerdo e uma ponta do quadrado colorido, encaixo o freio, encosto bem as costuras, 2 alfinetes… é muito importante esse encontro.

Um pé de máquina…

E esses cantos que observamos, esses triângulos nas 2 pontas, ajudam a gente a encontrar o vale que é um pé de máquina, podemos começar costurando desse valinho, e teremos o encontro perfeito e a continuidade dos tecidos.

Vou passar e assim vamos construindo o barrando do tamanho que quisermos, como por exemplo aqui tenho partes já costuradas, e assim vamos construindo.

Tem também um barrado com a margem do fundo bem maior, então ele ficará mais distanciado do meu outro trabalho, às vezes um tecido estampado eu quero que destaque bem.

Também posso fazer com que a costura fique exatamente passando nas pontas dos quadrados, assim preciso de uma margem menor e assim posso diversificar esses barrados, utilizá-lo em vários outros trabalhos que eu for utilizar no patchwork.

Se tiver mais dúvidas, venha para o meu curso mensal online Encontro Patch Com Patricia Muller“, onde todo mês temos duas aulas ao vivo e você pode tirar todas suas dúvidas.

Beijos,

Patrícia Müller

Artigo extraído do vídeo a seguir:

DEIXAR RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here