A história da Cabana de Toras – Log Cabin

0
345

No workshop que dei em Natal (RN) ensinei as meninas fazerem a Cabana de Toras (Log Cabin) – e como esse desenho tem uma história muito interessante, resolvi contar para vocês. Os padrões de quiltes em Log Cabin são os mais populares e facilmente reconhecidos de todos os modelos de quiltes.

Começando com uma forma central, normalmente um quadrado, o modelo tradicional é feito costurando tiras em sequência e ao redor do quadrado, variando cores claras e escuras.

HISTÓRIA:

Antigamente, os tecidos utilizados eram qualquer um que estivesse disponível: flanela, sacaria, sobras de roupas e retalhos em geral. O Log sempre foi apreciado justamente por poder utilizar mesmo tiras finas de retalhos como “toras”. Os blocos de Log podem ser unidos de várias maneiras, obtendo-se diferentes modelos.

Historicamente, não há uma data específica para o surgimento deste bloco. Quando se tenta explorar a origem do desenho e a sua tradução para o tecido, você se depara com uma verdadeira caça ao tesouro com diversas teorias.

1ed964295ddd799d4d212229326a71ba.jpg

TEORIA DA MÚMIA

No século 19, quando as tumbas egípcias foram abertas, os britânicos encontraram milhares de múmias de animais, objetos funerários colocados em sinal de respeito à realeza que partira. Hoje, algumas destas peças podem ser encontradas no Museu Britânico e você pode facilmente identificar os desenhos de Log Cabin. Algumas são até coloridas com algum tipo de tingimento onde se pode identificar claramente os blocos Log Cabin contemporâneos. Como havia um grande número destas múmias, algumas foram despachadas de volta para a Inglaterra e distribuídas para os fazendeiros como fertilizantes.

OLYMPUS DIGITAL CAMERA
OLYMPUS DIGITAL CAMERA

BLOCOS ABOLICIONISTAS

O Log Cabin começou a ser mais frequentemente utilizado nos Estados Unidos durante o período da Guerra Civil, nos anos de 1800. Ele engloba a lista dos chamados blocos ou quilts abolicionistas. O Log Cabin começou a se popularizar após a morte de Abrahão Lincoln, que fora criado em uma cabana do toras, que lutou contra a escravidão e foi grande defensor da liberdade americana.

Existem relatos de que, neste período de guerra, uma casa que tinha uma colcha de Log Cabin na janela, cujo centro do bloco era negro, era uma casa segura para os escravos fugitivos, ou seja, representava a casa de um abolicionista. Os quilts, feitos pelas mulheres do norte, continham inscrições sobre os males da escravidão.

3781167996_0ca6370eb3_b

PIONEIROS AMERICANOS

O Log Cabin é um símbolo das casas dos pioneiros americanos do século XIX, que viviam em cabanas de toras. As tiras são costuradas a partir do centro, assim como as toras eram encaixadas a partir de uma pilastra central da cabana (normalmente a lareira). É por isso que tradicionalmente o centro do Log era vermelho, simbolizando o coração da casa, ou mesmo o fogo no coração da casa. A cor amarela também era comumente usada no quadrado central simbolizando uma lanterna como um gesto de hospitalidade.

 

Há também uma corrente mais sombria que aponta o centro em preto como símbolo de enforcamento.

abe-lincoln-log-cabin-birthplace.jpg

Misturam-se lendas e fatos, mas o certo é que ambos foram contados de geração a geração, e que nos dão maior motivação para admirar e querer aprender sobre essa arte que é o patchwork, não engloba apenas a beleza de um trabalho manual, é também participante ativo na história de um povo.

images

Bibliografia
http://artpiecespatchwork.blogspot.com.br/2012/07/log-cabin-uma-velha-historia.html
http://bibliotecadacostura.blogspot.com.br/2012/06/log-cabin-cabana-de-toras.html

DEIXAR RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here